Homesphere

Outono, os cuidados que a sua saúde precisa!

  • 23 Set, 2022, 4:23

É inevitável que o outono traga todos os anos uma mudança ambiental que afeta todas as pessoas, de todas as idades. Identificar as doenças principais da época e as medidas de prevenção e cuidados fundamentais, é essencial.


Os riscos maiores:
Gripe
A gripe é uma doença aguda viral que afeta predominantemente as vias respiratórias. A gripe ocorre, geralmente, entre novembro e março e nos anos mais recentes, a maior atividade gripal tem sido observada entre os meses de dezembro e fevereiro.
Constipação
Pode afetar qualquer pessoa e tem origem na expetoração libertada pelo doente ao respirar, espirrar ou tossir. As mãos são um dos principais meios de propagação.
Dores de garganta
Doença comum no frio, frequentemente de origem viral. Na maioria das vezes resolvem-se por si, com alguns cuidados: hidratação, chá com limão e mel, evitando ambientes com fumo ou tabaco, e humidificando o ambiente.
Otite
Frequentes entre os seis meses e os dois anos, muitas vezes como consequência de infeções das vias aéreas superiores, provocam dores de ouvidos e febre.
Sinusite
Não sendo uma doença exclusiva do inverno, pode ter maiores consequências com o frio. Causada pela inflamação dos seios perinasais, causa o entupimento do nariz, dor na face, sensação de peso na cabeça e nos olhos ou febre.
Pneumonia
Pode ter origem numa gripe mal tratada ou ser consequência de vírus, bactérias, fungos ou micro-organismos. A pneumonia resulta da inflamação dos alvéolos pulmonares.

Os cuidados:
Nutrição
Nas estações mais frias o consumo calórico é maior. Este aumento deve-se à necessidade de uma maior quantidade de energia para manter a temperatura corporal. Inclua frutos e legumes da época no seu regime alimentar. Alimentos ricos em nutrientes podem ajudar o sistema imunitário no combate a infeções e doenças características da estação mais fria.
Hidratação
Perante temperaturas mais frescas, é comum haver menos sede e, portanto, uma redução no consumo de líquidos. Uma boa hidratação é fundamental neste período, para que o organismo possa repor as perdas e evitar doenças comuns desta época, como as que estão associadas às vias respiratórias.